Medical International

Portuguese - Sistema de Filtros Respiratórios Pall e a Pproteção contra Influenza

2009년 5월 7일

O Vírus Influenza está à frente das notícias quase todos os dias. A potencial ocorrência da gripe pandêmcia depois da mutação do vírus H1N1 causa preocupação da população e dos profissionais de saúde. Neste contesto, a Pall recebe questionamento sobre se “os sistemas de filtros respiratórios Pall protegem contra a difusão do vírus de um paciente infectado para o sistema respiratório, e assim por via do ventilador para o ar ambiente do hospital?”

No sentido de agir como uma barreira contra a transmissão de bactérias e vírus via sistemas respiratórios, um filtro deve efetivamente bloquear diferentes rotas potencias de transmissão.

Organismos infectantes podem estar contidos na saliva ou em secreções bronquicas. A tosse ou a aspiração das vias aéreas pode gerar um espalhamento gotículas (spray) contendo o agente infectante. Estas gotículas passando por ar seco, podem secar e formar gotículas ainda menores como pequenas gotículas nucleadas. Estas gotículas nucleadas podem conter o agente infectante que permanecerá no ar por períodos prolongados de tempo. Logo, os agentes infectantes podem ser transmitidos por via aérea pelas de gotículas nucleadas e secreções líquidas.

A Pall Corporation conduziu trabalhos extensos de validação para demonstrar que os Sistemas de Filtros Respiratórios Pall agem como uma barreira a estas rotas de transmissão.

Testes de validação dos filtros respiratórios com todos os patógenos conhecidos não são possíveis, nem tampouco necessários no sentido de demonstrar sua eficácia. Os Sistemas de Filtros Respiratórios Pall tem sido testados com uma variedade de bactérias clinicamente relevantes (incluindo: Mycobacterium tuberculosis , Pseudomonas aeruginosa , Bacillus subtilis , Staphylococcus aureus  ) e vírus (incluindo, Human Immunodeficiency Virus  and Hepatitis C Virus ). Além disso, este filtros foram submetidos a provas com a bactéria (Brevundimonas diminuta ) e vírus (MS-2 bacteriophage7) que representam “padrão ouro” para exclusão, baseado no tamanho das partículas. Estes estudos demonstraram que os Os Sistemas de Filtros Respiratórios Pall oferecem uma barreira efetiva contra líquidos contaminados e tem uma eficicácia de remoção contra bactérias e vírus veiculados pelo ar de 99,999%.

Considerando o tamanho do virus influenza (80-120 nm), sua taxa de sobrevivência em superfícies inanimadas, e usando estes estudos como guias, não existiria razão para esperar que os Sistemas de Filtros Respiratórios Pall não fossem igualmente efetivos na prevenção da passagem do vírus Influenza.

Dr. Joseph S. Cervia, M.D., M.B.A., FACP, FAAP, FIDSA
의약품 및 소아과 임상 교수
Albert Einstein 의과대학
의료 부문 책임자
생물의학 부문 수석 부사장
Pall Medical


1 Aranha-Creado, H. et al. Infect Control Hosp Epidemiol 1997;18:252 - 254
2 Willie B. Krh.-Hyg. +Inf.verh. 1990;12:24
3 Wilkes A.R. et al. Brit J Anaesthesia 1999; 82:461 - 462
4 Rosales M & Dominguez V. 제2회 International Conference on Prevention of Infection, 프랑스 니스, 1992년 5월 4일 ~ 5일
5 Lloyd G et al. Centre for Applied Microbiology and Research, 1997.
6 Lloyd G et al. Anaesthesia and Intensive Care 1997;25:235-238.
7 Pan L. et al. Pall Corporation Technical Report BCF2, 1995